Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O melhor Pai do Mundo

Ser Pai é uma experiência que merece ser partilhada. Este espaço é dedicado a todos os Pais que receberam dos seus filhos o título de "O melhor Pai do Mundo".

22.Mai.18

Pai, achas que sou um menino mimado?

pai-achas-que-sou-um-menino-mimado.png

Quantas vezes os Pais ouviram a frase “Estás a mimar demais o teu filho”? Muitas de certeza. Parece que há uma espécie de luta contra o mimo. Não consigo entender muito bem, por acaso, até porque não sei muito bem qual é a medida do mimo. Alguém sabe?

 

Eu mimo o meu filho e se pudesse mimava ainda mais. Não tenho problema nenhum em assumir. Dou-lhe mimo a toda a hora, sempre que posso, sempre que ele quer.

 
Os Pais servem para mimar os seus filhos. É para isso que existem. Os filhos querem ser mimados e muito. Mas afinal o que é o mimo tem que tanta gente recrimina e que tantos Pais se retraem em dar aos seus filhos?
 
Para mim, mimo é amor em estado puro. Mimo é cumplicidade, é aconchego, é estar ali sempre, é estar pronto, é proteger, é cuidar…é educar.
 
Há quem associe mimo a deixar fazer o que as crianças querem, quem associe a total liberdade de ações em que os Pais perdem o controlo dos filhos. Isto não é mimo, isto é deixar de sermos Pais. Nós Pais somos a imagem da educação, do respeito e dos valores. Se descuidarmos isto, estamos a menosprezar o nosso papel.
 
Já sabemos que as crianças são inteligentes ao ponto de detectarem os nossos pontos fracos e aproveitarem-se deles para conseguirem o que querem. Normal. Ser Pai tem muito a ver com emoção e a emoção tira-nos a racionalidade e isso dificulta o nosso papel. Então temos de encontrar o equilíbrio entre sermos permissivos e impormos mais restrições. As crianças gostam de regras, desde o primeiro dia. Aliás, todos gostamos de regras, sentimo-nos mais à vontade quando existem, mas têm de ser justas. Ora, na educação dos filhos temos de ser justos e estabelecer regras que sejam entendidas por todos, sejam Pais, sejam filhos.
 
Voltando ao mimo e aos camiões que temos para dar. Vivemos uma vida a acumular mimo para dar. Quando o nosso instinto parental começa a dar sinais, só pensamos em dar mimo. No momento que temos pela primeira vez o nosso filho nos braços, tudo o que queremos é dar-lhe todo o mimo do mundo e mais houvesse.
 
Mimo é amor, volto a esta ideia para sublinhar que nunca é demais. Se o meu filho é um menino mimado? É, claro! Vive rodeado de amor, meu (às toneladas), da Mãe (este universo e o outro), dos avós (daqui até à lua), dos tios e tias (ai o meu menino)… todos trocamos mimos.
 
Diga-me quanto mimo dá aos seus filhos e quanto recebe de volta? Diga-me se quer deixar de dar e receber mimo. Quero saber quanto mimo tem para dar…
 
O Pai

1 comentário

Comentar post