Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O melhor Pai do Mundo

Ser Pai é uma experiência que merece ser partilhada. Este espaço é dedicado a todos os Pais que receberam dos seus filhos o título de "O melhor Pai do Mundo".

22.Jan.17

Pai, afinal não és um super-herói!

pai-afinal-nao-es-super-heroi.png

 

O ser super-herói, no caso desta história, serve de capa à ideia que os nossos filhos têm que os Pais são inquebráveis, imbatíveis, vêem tudo, antecipam o perigo, combatem vilões e...são imortais.

De facto, fazemos tudo isso, mas não somos imortais. Pergunto-me o que passa pela cabeça de uma criança quando vê o Pai ou a Mãe de alguma forma fragilizados. Será que pensam que o super-homem ou a super-mulher perderam os seus poderes e que são pessoas normais? Pois, é o mais provável.

Os Pais por muito mal que estejam, seja saúde ou meramente estado de espírito, geralmente vestem uma capa em frente aos seus filhos. Uns dias a capa é feita de um tecido forte e opaco, mas há outros dias em que a capa é uma singela transparência. Mas será que dar um sinal de fraqueza nos fragiliza perante os nossos filhos? E os deixa menos confiantes? Claro que sim, mas também passam a entender que a vida é mesmo assim, nem sempre é um filme com final feliz, é antes uma série em que cada episódio tem a sua história, onde uns são engraçados e outros mais dramáticos.

Nunca quis que o meu filho me visse fragilizado. Podia ter tido um dia péssimo, mas consegui sempre por a tal capa de tecido grosso. Refugiava-me com frequência na rebeldia da minha tenra idade, na imbatibilidade da juventude onde nada nos deita abaixo.

Mas…aconteceu. O meu filho descobriu que o Pai não é um super-herói.

Quem chegou até aqui nesta história, está a perguntar "Então, o que é que aconteceu?". Fui fazer uma ecografia de rotina e o meu filho fez questão de ver-me a fazer o exame. Ficou curioso em perceber as imagens e foi seguindo as explicações do médico. No final, disse-me duas coisas:

"Pai, como é que aquela máquina conseguiu ver-te por dentro?"
"Pai, tu és igual às imagens que vi na escola sobre o corpo humano!"

As suas pequenas e muito agitadas células cinzentas entraram em grande reboliço, mas deu-me sinais que assimilou bem a ideia e que o ajudou a crescer mais um bocadinho. Isso deixa-me orgulhoso.

O Mundo real é isto, mas o Pai, mesmo sendo feito de carne e osso como todos os seres humanos, está sempre pronto para todas as missões e continua a ter (alguns) poderes de super-herói.

O Pai