Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O melhor Pai do Mundo

Ser Pai é uma experiência que merece ser partilhada. Este espaço é dedicado a todos os Pais que receberam dos seus filhos o título de "O melhor Pai do Mundo".

07.Jun.18

Pai, gostava de ter ido ao vosso casamento

pai-gostava-de-ter-ido-ao-vosso-casamento.png

Hoje ouvimos falar em uniões de facto ou divórcios mais do que em casamentos. Este ano faz precisamente 10 anos que me casei com a Mãe do meu filho. Decidimos “juntar os trapinhos” depois de termos namorado 10 anos.

 
Isto dito assim parece que aquele dia mudou algo nos nossos sentimentos um pelo outro. Não propriamente. Nós tínhamos visões bem diferentes sobre o casamento. Enquanto que eu via ali um pretexto para reunir a família e amigos e partilhar com eles uma oficialização da nossa relação, do outro lado era visto como um ato mais religioso.
 

Não me custa admitir que levamos algum tempo a reunir um consenso. Existiram momentos em que eu quis mais, outros em que fui sendo convencido a casar. Julgo que o momento surgiu quando tivemos a certeza que queríamos ser Pais, foi aí que encontramos uma razão grandiosa.

 
Na verdade, já vivíamos juntos numa casa comprada pelos dois. A nossa vida já era feita a dois, por isso, como escrevi em cima nesta história, o casamento não veio reforçar a nossa paixão um pelo outro, pois esse sentimento cresceu e continua a crescer connosco.
 
Foi muito curioso o facto termos coincidido na vontade de sermos Pais. Muitas vezes homem e mulher diferem na sua maturidade de olharem para a vida. A mulher normalmente vai à frente nestas coisas relacionadas com a parentalidade, mas aqui estivemos muito a par.
 
Naquele dia de junho, onde reunimos quem mais gostamos à volta de uma paixão que queríamos que fosse celebrada e partilhada. Aquele dia foi talvez o primeiro dia em que as nossas vidas começaram a concentrar-se numa vontade comum.
 
Há dias, numa arrumação, encontramos o DVD com o vídeo e fotos do nosso casamento. Coloquei o DVD a rolar e ali estivemos os três a rever bons momentos, emoções bem expressas nas nossas caras de felicidade. “Pai, sem barba ficavas bem mais novo”, comentou o mais pequeno. “Mãe, estavas linda com aquele vestido”, deixou a Mãe toda vaidosa.
 
“Gostava muito de ter estado no vosso casamento”, disse ele em jeito de resumo ao que estava a ver. Curioso perceber a reação do mais pequeno. Ele queria ter estado na festa, sente que deveria ter feito parte daquele momento. Ele ainda não percebe que, mesmo sem ter estado, foi dos principais responsáveis pelos Pais terem celebrado o casamento.
 
O Pai