Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O melhor Pai do Mundo

Ser Pai é uma experiência que merece ser partilhada. Este espaço é dedicado a todos os Pais que receberam dos seus filhos o título de "O melhor Pai do Mundo".

14.Fev.17

Pai, parece que estás apaixonado!

pai-parece-que-estas-apaixonado.png

“Pai, tens as bochechas vermelhas, estás apaixonado?”. Fui surpreendido com esta frase e deixou-me por segundos a pensar na resposta ao mesmo tempo que não parava de rir. “Apaixonado? Eu?” tentei ganhar tempo. “Sim, quem fica assim com a cara é porque está apaixonado”. Ok, rendi-me e respondi “Sim ,estou!”.

 

Corações esvoaçantes, cúpidos prontos a disparar a próxima seta, rosas vermelhas e por aí fora. Na semana dos namorados, o amor está no ar e até as crianças são atingidas por esta onda que tem cada vez mais um sentido comercial, mas que continua a mover…paixões.

Eu gostava que o S. Valentim fosse alterado para o Dia dos Apaixonados, seria mais abrangente, envolveria mais pessoas e até podia ser feriado nacional. Feriado nacional? Claro que sim, todos temos as nossas paixões, sejam amorosas, sejam meramente de coisas que gostamos muito de fazer.

Num Dia dos Apaixonados teríamos namorados, casados, juntos, separados, mas iríamos ter Pais e Mães que vivem os seus dias completamente apaixonados pelos seus filhos. Ou seja, em vez de nos socorrermos dos Avós para podermos ter um jantar romântico a dois no pior dia do ano para o fazer, reuníamos a família em torno das nossas paixões, por exemplo.

 

Teríamos também os apaixonados pela corrida ou pelos trilhos de bicicleta, pelo futebol, pelo teatro, pela arte ou simplesmente pela amizade. Cada um teria no Dia dos Apaixonados mais um motivo para se reunir com aqueles que têm em comum a mesma paixão. Por isto é que eu proponho que seja feriado nacional, para que durante o dia pudessemos dividir-nos pelas nossas paixões.

 

De manhã, marcava um grande jogo de futebol com os meus amigos. Ao almoço, partilharia um pic-nic com a família (se o tempo ajudasse). Durante a tarde, aproveitando o bom tempo, um repousante passeio à beira-mar com as crianças. E para finalizar o dia, um bem romântico jantar a dois, seguido de um belo brinde de champanhe a ouvir uma música especial. Uau!! Isto sim, seria um dia cheio de amor e paixão.

 

Mas como de ideias está este planeta cheio, olhemos para o Dia dos Namorados como mais um dia para amar quem nos ama.

 

Agora sim, já tenho resposta! “Sim, estou apaixonado” disse eu. “Sou apaixonado pela vida, por tudo o que me proporciona e pela paixão imensa que sinto ao acompanhar a tua vida”.

 

O Pai