Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O melhor Pai do Mundo

Ser Pai é uma experiência que merece ser partilhada. Este espaço é dedicado a todos os Pais que receberam dos seus filhos o título de "O melhor Pai do Mundo".

08.Out.15

Pai, tu e a Mãe merecem o Prémio Nobel

pai-tu-e-a-mae-merecem-o-premio-nobel.png

Gerir o tempo. Será este o grande desafio deste século? Não há dúvida que as solicitações aumentaram, sejam pessoais ou profissionais. Para além disto, o tempo é marcado pelas nossas rotinas, mas também pela forma como reagimos a estímulos. A ideia do estar sempre ligados, trouxe-nos uma pressão acrescida para não deixarmos o assunto fugir e atuar enquanto está "quente".


Na vida dos Pais, as variáveis são todas as que conhecemos mais uma: os filhos. O tempo também passa muito depressa para os Pais. Por um lado porque há horários a cumprir e por outro porque todos os Pais contam as horas e os minutos para poderem estar de novo com os seus rebentos depois de mais um dia atarefado.

Em declarações recentes, o Papa Francisco disse que "para as famílias de hoje é um período complicado, porque os pais têm muitas coisas que fazer", mas elogiou os "que conseguem ter tempo para tudo: para o trabalho, para a casa e sobretudo para os filhos". A isto acrescentou "resolvem tudo com uma equação e nem os grandes matemáticos saberiam resolver. As 24 horas do dia parecem 48. Há mães e pais que poderiam ganhar o Nobel".

Lindo! Os Pais, sim esses mesmos que desde o início da humanidade têm feito descobertas fabulosas e marcantes para melhorar o Mundo em que vivemos, são finalmente reconhecidos com um dos prémios mais valiosos: o Prémio Nobel. E não satisfeitos com isso ganham, na mesma edição:

Prémio Nobel da Paz... por todos os dias resolverem conflitos geracionais, guerras de brinquedos e por promoverem o aperto de mão entre bonecos rivais.

Prémio Nobel da Literatura... por todos os dias inventarem histórias fantásticas, com finais surpreendentes e que fazem com que os seus leitores sonhem, descansadamente, com essas aventuras.

Prémio Nobel da Medicina... por tratarem todas as feridas e arranhões, febres e constipações com um sorriso nos lábios, sem transparecer preocupação e sempre transmitindo uma mensagem de esperança por dias melhores.

Prémio Nobel da Física e da Matemática... por, conforme as palavras do Papa Francisco, transformar 24h em 48h ou mais, por terem inventado a fórmula da ubiquidade.

Perante estas nomeações já comecei a preparar o discurso: "É com muita honra que recebo este Prémio. É o reconhecimento de muitos anos de investigação e prática. Dedico-o à minha família e em especial ao meu filho, porque sem ele eu nunca seria Pai..."

O Pai