Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O melhor Pai do Mundo

Ser Pai é uma experiência que merece ser partilhada. Este espaço é dedicado a todos os Pais que receberam dos seus filhos o título de "O melhor Pai do Mundo".

21.Set.18

Pai, é preciso ter coragem para ter filhos?

pai-e-preciso-coragem-para-ter-filhos.png

Recordo-me perfeitamente que quando soube que ia ser Pai pela primeira vez, várias pessoas próximas e menos próximas me diziam “Agora é que vai ser” ou “A tua vida vai mudar”. O tom dessas afirmações parece que previam algo surpreendente e até assustador.

 

Não há dúvida para nenhum Pai ou Mãe que os filhos mudam a nossa vida. E também ninguém duvida que é para melhor, certo? Agora, uma coisa é certa, é preciso coragem para ter filhos. Isso sim, é a mais pura das verdades.

 
Quando anunciamos a nossa segunda gravidez 8 anos depois de termos sido Pais pela primeira vez, foi uma surpresa para muitas das pessoas que nos rodeiam. A diferença de idades é grande de facto, mas isso não pesou no nosso desejo de sermos Pais outra vez.
 
A nossa vontade de ser novamente Pais apareceu há uns anos. Antes do primeiro tínhamos apontado para os dois filhos como o número que gerava consenso, eu queria pelo menos 3 e a Mãe queria 2. Nestas coisas eu não me importo de fazer cedências. Aconteceu que a nossa vida passou a ter outras prioridades, não olhámos para o crescimento da família como prioridade e o tempo foi passando.
 
De há três anos para cá decidimos que queríamos mesmo outro filho e deixamos a natureza atuar. Confesso que já estávamos a perder a esperança que viesse a acontecer, até que uma estrelinha resolveu aparecer na nossa vida e aqui estamos a aguardar a chegada da princesa.
 
Os comentários que recebemos andaram à volta disto: “Vais voltar às fraldas!” ou então “Prepara-te para voltares a ficar noites sem dormir.” e outros do género. Vendo as coisas pelo lado positivo o voltar a fazer algo que nos apaixona não é mau. Que vai custar? Vai de certeza, mas já temos uma primeira experiência para nos ajudar. Que vai ser diferente da primeira vez? Vai, não há bebés iguais e mesmo nós somos pessoas diferentes.
 
Numa coisa estou completamente alinhado com a Mãe e com o nosso filho, vamos desfrutar ao máximo dos tempos que aí vêm, vamos receber a menina de braços abertos e integrá-la na nossa vida.
 
Se vamos precisar de muita coragem? Claro, mas isso é o dia-a-dia do Pai e da Mãe. Ter coragem, ter conhecimento, confiar no instinto, não ter medo de errar, não querer ser perfeito, não criar os filhos à nossa imagem, ter paixão, amar…
 
O Pai

2 comentários

Comentar post