Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O melhor Pai do Mundo

Ser Pai é uma experiência que merece ser partilhada. Este espaço é dedicado a todos os Pais que receberam dos seus filhos o título de "O melhor Pai do Mundo".

02.Out.18

Pai, senti a bebé a mexer-se na barriga

pai-senti-a-bebe-a-mexer-se-na-barriga.png

É um dos momentos mais esperados da gravidez, o momento em que a bebé dá o primeiro pontapé dentro da barriga da Mãe. Normalmente acontece por volta das 20 semanas, no nosso caso foi mais ou menos por aí. Não posso descrever totalmente a sensação, mas por aquilo que a Mãe me transmite é das experiências mais marcantes para uma mulher.

 
Eu ali ao lado, fico sempre à espera da oportunidade para sentir os tais pontapés, as ondulações e às vezes até se nota que a bebé está a mudar de posição. Acabam por ser as primeiras interações, as primeiras sensações que nos provam, se dúvidas houvessem, que está ali alguém muito precioso.
 
Já escrevi que a primeira reação do nosso filho à noticia que iria ter uma irmã não foi muito efusiva, pelo contrário, o miúdo ficou confuso e sem saber bem o que pensar. A interação começou a aparecer, seja quando compramos qualquer coisa para a bebé, quando falamos nela e ultimamente quando ela se mexe na barriga da Mãe. Aí ele junta-se pertinho da Mãe, aconchega-se e de uma forma que nos derrete completamente, coloca a sua mão sobre a barriga e quando sente um movimento fica parado, de olhos arregalados a contemplar aquele momento.
 

“Mãe, como é possível, estou a sentir a mexer”, diz o menino! Nós ficamos ali os dois a olhar para um cenário que dentro de pouco tempo será ainda mais interessante de seguir, de estar ali ao lado a ver.

 
Há dias, numa das minhas leituras sobre gravidez, fiquei a saber que os bebés podem chorar dentro da barriga da Mãe. Que bocejavam, que espirravam e que se mexem de todas as maneiras já eu sabia, mas chorar? Nunca tinha pensado nisso.
 
Percebe-se que os sentimentos estão lá, que o estado de espírito e humor da Mãe se reflete no bebé e este manifesta-se com movimentos, mas lá dentro da barriguinha outras formas de expressão se começam a vislumbrar.
 
É através do choro que os bebés se expressam, quando estão mal dispostos, têm fome, têm sono ou a fralda suja. Agora fiquei a saber que, mesmo antes de nascer, os bebés treinam a sua forma de expressão mais comum.
 
Voltando ao movimentos dentro da minha barriga preferida. O momento mais divertido é quando a Mãe se deita para dormir. Aí começa a festa e o Pai a adorar. Chego a fazer brincadeiras, toco de um lado e tenho resposta do outro lado da barriga. Sinto uma ondulação, dou um toquezinho e sinto logo mais uma ondulação. A Mãe não acha muita piada porque quer dormir, eu do meu lado já não adormeço sem esta “brincadeira”.
 
O Pai

4 comentários

Comentar post