Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O melhor Pai do Mundo

Ser Pai é uma experiência que merece ser partilhada. Este espaço é dedicado a todos os Pais que receberam dos seus filhos o título de "O melhor Pai do Mundo".

05.Dez.19

Pai, é melhor ser a Mãe a fazer isso

O Pai
Isto da parentalidade é um trabalho de equipa. Defendo esta ideia ao máximo. Em primeira linha estão o Pai e a Mãe, depois vêem os familiares próximos e a escola se for o caso. Como em qualquer equipa temos de perceber bem as características dos nossos companheiros. Focando na equipa “titular”, ou seja, no Pai e na Mãe, é fundamental que conheçam muito bem as mais valias um do outro e que procurem ao máximo comunicarem-se sempre, quer seja para se ajudarem em algum ponto (...)
21.Nov.19

Pai, a nossa princesa faz um ano!

O Pai
E já passou 1 ano!!! Todos os Pais já repararam que o nosso tempo tem um ritmo diferente em relação ao tempo das outras pessoas? O nosso corre muito mais depressa, sem dúvida e só nos deparamos quão rápido passa, quando nos perdemos a relembrar memórias. Neste caso, uma memória inesquecível: o nascimento da nossa princesa. Foi há um ano que revivemos sensações difíceis de descrever por palavras. Estivemos mais de oito anos concentrados num único filho e ali, naquele (...)
15.Nov.19

Pai, o que fazes depois de irmos dormir?

O Pai
Há quem diga que são as 2 horas para nós, mesmo mesmo ao final do dia. Acabámos de deitar as crianças, dormem descansadas. Ficamos com a sensação que o nosso trabalho como Pais está cumprido em mais um dia. Relaxamos e… Ligo o Netflix para seguir aquela série que toda a gente anda a falar. Nas redes sociais não se fala noutra coisa, até evito de ler coisas sobre a série. Durante o dia penso “Logo à noite tenho de ver um episódio depois dos miúdos irem para a cama”. (...)
24.Out.19

Pai, é só uma constipação, mas nós tratamos de ti

O Pai
Conhecem aquele mito urbano que diz que quando os homens estão com uma simples constipação é como se estivessem para morrer? De certeza que já ouviram falar, especialmente para quem já teve de aturar um homem doente. Mito ou realidade? Realidade, pelo menos no meu caso. Estou, desde há uns dias, com uma constipação de “caixão à cova” e não há maneira de melhorar. Isto quer dizer que em casa ando a arrastar-me pelos cantos e sempre à procura de mais um pacote de lenços (...)
15.Out.19

Reflexões do Pai #7

O Pai
Em quem é que devemos confiar?   Um dos valores essenciais da nossa sociedade é termos confiança. Confiança, por exemplo, de olharmos para o nosso sistema de saúde e sentirmos que nos vai ajudar quando mais precisarmos. Coloco-me na pele de um Pai ou Mãe que tem o seu filho doente e decide que deve ir a uma urgência. Confiança é sair de casa e dirigir-me ao hospital mais próximo e encontrar lá uma equipa médica que vai ajudar a criança. E quando não temos a certeza que (...)
10.Out.19

Pai, não gosto de comparações

O Pai
Parece que às vezes existe uma tabela que classifica as pessoas e permite comparar vários aspetos das suas vidas. Já não basta a sociedade nos impor tanta coisa e nós ainda temos de perder tempo a comparar-nos com A ou com B? Recordo-me na infância de viver constantemente em comparação com um primo. Ele é pouco mais velho do que eu e fomos educados com muita proximidade. Eu era magrinho, mas ele era mais forte. Eu ainda não tinha dentes e ele já tinha uns 4 ou 5. Eu tirava boas (...)
07.Out.19

Reflexões do Pai #6

O Pai
Voltarmos a ser Pais anos mais tarde.   A variável mais importante para ajudar na decisão é a capacidade física e mental dos Pais. Não interessa muito se a diferença de idades dos filhos é pequena ou grande, interessa sim a nossa frescura para abraçar tal desafio. No momento da gestação a Mãe tem o papel principal e a sua auto-avaliação é um fator fundamental, mas não podemos retirar da equação o pós-nascimento. Aí o desafio é conjunto, as mudanças são muitas e (...)
03.Out.19

Pai, tu não podes errar

O Pai
Vivemos um tempo de intolerância ao erro. Não toleramos os erros dos filhos e reagimos com vigor para que não se repitam. Não toleramos os erros de quem nos rodeia, cobramos para que façam melhor. Não toleramos os nossos erros como Pais e sofremos a pressão de não estarmos a cumprir o nosso papel como deve ser.  O problema maior e a grande diferença é que para a maioria dos erros que vivemos temos uma certa desculpa, um desconto, um argumento que iliba quem o cometeu. E como (...)
01.Out.19

Reflexões do Pai #5

O Pai
Quanto vale uma hora do nosso tempo? Sabe qual é o bem mais precioso que temos no nosso Mundo? É o tempo. Com ele podemos controlar tudo. O problema é que andamos sempre à procura de o gerir da melhor forma. Eu nunca tive tempo para ir buscar os meus filhos à escola. Porquê? Porque existe um horário a cumprir. Estar das 9 às 6 a trocar o nosso tempo por dinheiro, naquilo que chamamos emprego. Mas quanto vale aquela hora? Em dinheiro vale o nosso “preço” hora, em vida vale (...)
20.Set.19

Reflexões do Pai #4

O Pai
Não há desculpas quando erramos?    Quem nos exige sermos os melhores pais do mundo? Os filhos? Não. A sociedade? Em parte sim. Nós próprios? Sem dúvida que sim. Queremos estar sempre à altura das exigências, se falhamos somos os primeiros a culpar-nos, sem perdão ou complacência. Não é justo. Somos seres humanos cheios de defeitos, cheios de vícios e erramos constantemente. Se outros erros desculpamos, porque é que quando envolve os nossos filhos não temos desculpa? Não (...)